Colaborões.

Colaborões.

Ela é a verdadeira “Wild Woman”.  A garota que vai te ensinar a pescar o BlackBass na represa do Capivarí, a garota que vai te ensinar a andar de trator, a garota que vai vir com a história que a cobra mordeu o cavalo e depois vai te ensinar a andar de cavalo. Hoje temos Anna Lúcia Zeszutko aqui no Viajão minha gente. A publicitária vai contar sua história de Bonito-MS (lembram? wild woman) e completar o time das gatas que aparecem nesse humilde blog. Valeu Anna! E você que quer contar sua história aqui no Viajão é só mandar o e-mail para souviajao@gmail.com. IRRA!

 

Bonito é lindo!

A primeira coisa que eu tenho pra falar de Bonito é: pensa num lugar bonito (sem trocadilhos). É impressionante ver um paraíso ecológico localizado no meio de cidades referência na exploração agropecuária.

Pra quem não sabe, Bonito fica no Mato Grosso do Sul, a 265 Km da capital Campo Grande, num lugar chamado Serra da Bodoquena. Quem gosta de explorar esse mundão a fora, não pode deixar de ir pra lá. É natureza, povo hospitaleiro, comida boa, calor (mesmo no inverno), frutas estranhas.

Como é um polo internacional de ecoturismo, e principal fonte de renda da região, o turismo lá é levado a sério: passeio só acompanhado de guia turístico. Lá tem centenas de agências de turismo e o preço dos passeios é tabelado. Lembre sempre de fazer contato prévio com uma agencia, pra agendar os passeios que você vai querer fazer, porque todos os passeios tem um limite de pessoas por dia por questões de preservação, e principalmente na época de férias ou feriado a cidade lota!

Agora, pra facilitar, eu vou separar esse post em vários tópicos com dicas, e contando minha experiência junto, borá =D

COMO CHEGAR

Bom, você tem 3 opções

- Ou vai de avião até Campo Grande, aluga um carro lá e segue 265 Km até Bonito (se você tem poucos dias pra viajem, a melhor opção é essa)

- Ou vai de avião até Campo Grande e pega um jatinho pro aeroporto regional de Bonito (se você tiver milhões de dólares na sua conta)

- Ou faz como eu, vai de carro, que é mais barato! Peguei 1500 Km de estrada, dividi a viagem de ida em 2 dias, aproveitei pra ir pro Paraguai, conheci cidades pequenas de MS. É bem tranquilo, mas eu aconselho a ir mais de um motorista, pra ir revezando. Chega uma hora que as estradas são só retas, e você vai ganhando gosto pela velocidade (aaah Felipe Massa) e pode atropelar um animalzinho (eu não fiz isso, mas quase). No MS, tem muito animal solto: boi, ema, tamanduá, então tem que tomar cuidado. Dica: vá curtindo a paisagem, porque a viagem é longa, mas vale a pena.

QUANDO IR

Quanto a isso, você só precisa ficar atento que entre Novembro e Abril é período de chuva por lá, e muitos passeios  fecham quando chove, principalmente grutas e flutuação (já vamos falar sobre isso). Então é bom consultar a previsão do tempo. Eu fui em Julho.

HOSPEDAGEM

Muitas agências de turismo já oferecem hospedagem quando você for reservar os passeios. Mas preste atenção, você vai ficar a maior parte do dia fora, passeando e passeando, então não precisa ter muito luxo na pousada (pelo menos eu acho).

A cidade conta com um Hostel também, sempre lotado de gringos.

PASSEIOS

A parte mais legal. A cidade é recheada de paraísos, a maioria longe do centro, então você PRECISA de carro, seja seu ou alugado.

As principais coisas que você PRECISA fazer é flutuação, visitar uma gruta e ir pra uma Estância, se você não fizer isso, não foi pra Bonito.

Flutuação: pra quem não sabe, é simplesmente você pegar um óculos e tubo de respiração e deixar se levar pela correnteza do rio. Você vai ver de tudo: peixe, jacaré e até sucuri nadando do teu lado (se você tiver sorte, ou não), é muito loco. A flutuação mais famosa de lá é do Rio da Prata, reserve uma manhã ou tarde pra isso.

Só lembre-se de NUNCA, eu disse NUNCA tomar a água dos rios. Não que ela seja poluída, pelo contrário, mas é que lá o terreno é de calcário e se você tomar, pode ter um desarranjo intestinal bem feio #ficadica

Grutas: a gruta mais famosa é a Gruta de São Miguel, que tem uma lagoa azul no fundo. É simplesmente demais, uma das coisas mais lindas que eu já vi. Vale muito a pena. Reserve 2 horas.

Estância: muitos fazendeiros da região abrem suas fazendas pro pessoal conhecer. A mais famosa é a Estância Mimosa. Lá tem trilhas com cachoeiras, onde você pode tomar banho, tem um almoço que só de olhar te deixa 3 quilos mais gordo (prove o doce de leite caseiro), tem cachaça com cobra dentro, tem cavalgada, tem até lagoa com jacarés que vem comer carne quando a dona chama. Se você for fazer tudo, reserve um dia inteiro.

Boiacross: é demais, você desse o rio Formoso, o mais famoso da região, que é cheio de corredeiras e cachoeiras. Quando eu fui, tive a sorte de encontrar a Jurema, uma sucuri de 6 metros, que tinha acabado de comer e tava tomando um solzinho. A bicha é famosa e sempre tá por lá. Só espero que quando você for, ela já tenha comido também. Reserve ½ dia pra isso.

Balneários: vale a pena ir nos balneários se refrescar e dar um mergulho com peixinhos. O municipal é o mais barato de todos, e a Praia do Padre é o que tem mais cachoeiras.

Cachoeiras: lá tem muita, sério. Tem cachoeira só pra ver, pra nadar, pra fazer rapel. Tudo depende de você. Eu fui na Boca da onça, só fazer a trilha e tomar banho, vale a pena. Reserve ½ dia pra isso.

Projeto Jibóia: é um projeto pra desmistificação das cobras, é legal pra quem tem medo de cobra (ixii). Acontece de noite, então você pode ir antes do jantar.

Além disso, tem trilha de bike, rapel em abismos, mergulho de cilindro, passeio de quadriciclo. A programação vai do gosto de cada um, o que importa é que o que você fizer, vai ser demais!!

http://www.bonitour.com.br/tarifario?id=1&data=09/02/2012#servicos

COMIDA

A comida típica de lá é o jacaré = tem jacaré frito, assado, ensopado, pastel de jacaré, X-jacaré. Tem muito restaurante bom, aproveite pra diversificar. Uma coisa boa que eu comi foi a Traira sem espinho, é delicious!
Sem contar no doce de leite que é um espetáculo e nas frutas exóticas e com nomes estranhos.

Bonito é diferente pra cada um que vai, então explore, descubra os sabores e os encantos dessa cidade tão BONITA. Beijos

Posted by Coqs

Categorised under Colaborões
Bookmark the permalink or leave a trackback.

3 Comments

  1. Anna

    ai é bonito eihn!

    28 de fevereiro de 2012 @ 11:21
  2. Karin

    Belo post!!! Bonito é mesmo SENSA! E com um post tão SENSA assim, não tinha como `não ficar BONITO #tudumpá

    E, se me permite (eu sei que a anna permite =P), vou acrescentar minhas observações de viajona-bicão-do-post-alheio:

    - O aeroporto de Bonito recebe voos daTRIP toda quinta e domingo. Então, vc nao precisa ser trilhonário para pegar um jatinho, mas precisa ter flexibilidade de dias para poder pegar os voos nessas condições ;)

    - Assim como as agencias vendem passeios e hopegadagem, a regra inversa tbm vale. Qnd fui, reservei todos os passeios pela minha pousada. A maioria tem agencia própria =)

    - Boiacross na minha opinião, não é lá mega emocionante e indispensável. Mas o rafting/bote do rio formoso, dessa foto sensacional da Anna, esse sim é demas \o/

    - Ah…o nome da gruta mais famosa é a Lago Azul, não? =P

    Eu apoio e assino ebmaixo: destino indispnesável. VÁ!

    29 de fevereiro de 2012 @ 01:33
  3. Esse lugar é lindo demais…

    Simplesmente sensacional, parece com as praias do sul do país.

    13 de setembro de 2012 @ 13:49

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

*
*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

or